0
Blog

A escrita dos sonhos não é coisa de quem sabe escrever, mas sim de quem quer escrever

Se engana quem pensa que escrever bem é um dom que já nasce com algumas pessoas e não que, como tudo na vida, é algo que pode ser alcançado através do método certo e muita prática.

Mas afinal, o que é preciso para escrever aquele texto impecável? Existe mesmo uma fórmula para isso?

Agora é a hora em que você se assusta, pois a partir de hoje você passará a enxergar o ato de escrever com outros olhos: como qualquer outra matéria que a gente aprende na escola, para escrevermos da forma certa é preciso seguir algumas “regras”.

Todo mundo sabe que o mínimo para isso é ter o conhecimento sobre as normas básicas da língua portuguesa, afinal, conhecer o próprio idioma é primordial, mas só isso não basta.

Porque, todo mundo também sabe que, principalmente nos exames avaliativos, há uma forma específica que os avaliadores esperam que os candidatos escrevam e que, inclusive, é algo que está sempre em constante mudança, por isso é essencial estar sempre de olho!

Mas, sem mais delongas, aqui estão 10 dicas de ouro, eficazes e fundamentais para te ajudar
a se tornar um bom e bem avaliado escritor:
1) Esteja sempre atento ao que está acontecendo no mundo, como notícias e fatos importantes;
2) Elabore um tema que chame atenção, e que seja coerente com o que você irá falar;
3) Se já houver um tema específico, tome cuidado para escrever corretamente sobre ele;
4) Cuidado com parágrafos muito longos, isso dificulta a leitura;
5) Saber pontuar e acentuar as palavras corretamente é fundamental;
6) Lembre-se: tudo em excesso é ruim, portanto, não seja formal e nem informal demais;
7) Atenção: como tudo na vida, sua redação também precisa ter início, meio e fim (introdução, desenvolvimento e conclusão);
8) Escreva um esboço antes da versão final, assim, ao ler de novo, você poderá corrigir erros;
9) Evite expressões prontas e clichês, isso empobrece seu texto;
10) Pratique muito, neste caso, a prática também leva a perfeição.

É importante ter em mente que, se você não faz parte do grupo de pessoas que já nasceu com facilidade para a escrita, você só precisa ser persistente e paciente consigo mesmo, sua dedicação com certeza te trará bons resultados.

Agora que você já sabe os princípios básicos para arrasar com as palavras, é hora de pegar o lápis e o papel, escolher seu tema e por a mão na massa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *